top of page

DESMISTIFICANDO A CARREIRA DE CONSELHEIRO

Por Wanderlei Passarella - Founder & Chairman no CELINT


Está ocorrendo uma saturação semelhante ao que ocorreu com o coaching?

As empresas estão montando Conselhos, gerando novas vagas?

Posso ser um Conselheiro se minha carreira ocorreu em uma área técnica específica?



O Conselho é mais uma camada na hierarquia das empresas?


O trabalho do Conselheiro precisa cada vez mais das ferramentas de alta tecnologia, como a IA?


Estas e outras perguntas procuro responder neste artigo, bem como clarificar como vejo o futuro da carreira de Conselheiro. Farei isso respaldado com a minha experiência de 26 anos em Conselhos de empresas abertas, fechadas, familiares, ONGs, Associações de Classe, startups, etc.


Fruto desta experiência, fundei uma empresa de formação de Conselheiros, o CELINT, realizei mais de meia centena de consultorias para desenvolver Governança em empresas fechadas e lancei alguns livros, dentre eles o de referência na área – “Conselheiro de Empresas – o que você precisa saber para uma carreira promissora”. Veja aqui: www.celint.net.br/conselheirodeempresas


Vamos começar?



26 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page