top of page

Seus líderes conseguem mobilizar a empresa para além do alcance deles?

Atualizado: 2 de ago. de 2023

Por Wanderlei Passarella - Founder & Chairman no CELINT


Foi desta forma que consegui um feito extraordinário quando mais precisava de boas notícias e não sabia de onde elas poderiam chegar. Vale refletir!!!



Estávamos no meio de um furacão de dívidas e dificuldades financeiras. Eu era o presidente da GPC Química (Synteko) e ela estava muito alavancada antes da crise das hipotecas, de 2008. Fui contratado no início desse ano para realizar mudanças e consolidações e trazer o negócio para o prumo. De fato, no final do ano os resultados eram muito animadores. Mas veio a crise e os bancos cortaram nossas linhas de crédito.


Quando chegamos no auge do problema, e já não tínhamos capital de giro para comprar matérias primas, eis que nossa maior fábrica, em Araucária, interrompe a sua produção. Nosso principal cliente estava com os caminhões no pátio prontos para carregarem e nosso contrato previa multas e sanções altíssimas…


Nesse momento, o porteiro da fábrica convence os caminhoneiros a esperarem porque tudo ia se resolver. Ele não sabia se ia mesmo. Mas resolveu ganhar tempo, tomou uma atitude. E não é que apareceu um dinheiro, não me lembro de onde, compramos os materiais e entregamos os produtos no dia seguinte??!!


Por que ele fez isso? Porque mantínhamos um clima de confiança. Apresentações constantes relatando nossas ações pra sair da crise, grupos de análise e soluções de problemas, ambiente de participação e motivação, mesmo sem se saber como seria pago o salário do mês. Todos nós crescemos juntos.


A empresa saiu da crise, anos depois, meu sucessor era de minha equipe e hoje conduz a empresa, valendo mais de dez vezes, na B3, o que valia antes.


Quer estudar como conseguir algo parecido? Escrevi “O Despertar dos Líderes Integrais”, após essas lições de vida que tive. A liderança do futuro deve se concentrar em atuar simultaneamente em três eixos: as tarefas (realizações e resultados), as pessoas (confiança e motivação) e a conexão (o todo, a sustentabilidade). Porque só uma liderança humana e conectada conseguirá passar pelas mudanças deste século XXI. Sigamos confiantes!




Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page